quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

A invenção do salto.

Postado por Pronúncia | quinta-feira, 15 de janeiro de 2015 | Categoria: |



A invenção do salto alto próximo ao que se conhece hoje é atribuída a Catarina de Médici. Filha de uma distinta família italiana de Florença, ela foi a Paris para se casar com o futuro Henry II da França. Por ser pequena, carregou na bagagem vários sapatos feitos por um artesão italiano com saltos que a deixava mais alta.

Sapato utilizado por Catarina de Médici no século XVI

A novidade virou moda na aristocracia francesa fazendo homens e mulheres subirem literalmente no salto durante os séculos XVII e XVIII como uma marca de privilégio social. Só os ricos e bem nascidos podiam usá-los.

Em 1800, os saltos descobriram a América, o cenário ideal para crescerem ainda mais. Em 1955, o desenhista de sapatos francês Roger Vivier criou para o costureiro francês Christian Dior o salto agulha, tão fino que exigia uma estrutura de ferro para não quebrar. Desde então, para os desespero dos ortopedistas, os saltos não pararam de aumentar na importância e nos centímetros, evoluindo para muitas outras opções de design.

Fonte: Site Portais da Moda

Atualmente tem 0 comentários:


Leave a Reply